15 agosto 2016

Meu lar...


Ele é meu marido,  meu noivo,  meu namorado,  meu ficante, meu amigo. Tudo isso, e uma boa porção de outras coisas que me fizeram crescer,  e transbordar em algo que chamamos de nós.

Não nos casamos ainda,  não moramos juntos,  nem temos a rotina que todo casal sonha,  somos completamente diferentes,  e foram essas diferenças que nos juntou la no passado.

Estivemos um ao lado do outro nos momentos mais difíceis,  aqueles em que ficamos sozinhos, que o mundo nos da as costas,  em que amigos,  namorados,  e familiares somem, os interesseiros viram pó.
Foi assim, nesse exato momento em que o laço da união fez nos presentear.

Em nós não há espaço para coisas ruins,  brechas para deixar o mal se instalar,  e para ele as portas e janelas sempre estarão lacradas.
O interessante que vive em nosso coração,  é aquele bom, que quer cada dia mais amor,  carinho,  afeto,  união,  coçegas e brincadeiras desajustadas, que outros casais nunca entenderão.

Não somos nem nunca seremos perfeitos,  mas desejo minuto-a-minuto que continue sendo assim,  que a vontade de permanecer lado-a-lado,  seja sempre mais forte que a de partir.
Porque eu, mesmo sendo borboleta, encontrei um jardim lindo,  dos olhos castanhos pra chamar de meu.

Jeessy B.