08 agosto 2016

Solo Tú. ♡



Te externei na pele, te escrevi , te gravei no corpo, para sempre, e sempre em mim.
Tola, mesmo depois de anos juntos, precisou de centenas de agulhadas , um bocado de tinta, e um punhado de dor para perceber que já tinha você para sempre na alma.
Não importava o lado tatuado, embora a moça tenha escolhido o esquerdo, para te levar pertinho das batidas do seu coração, receber teu amor, a fazia tocar o céu ainda que com os pés do chão.

Amanhã só o criador sabe, se seus caminhos serão os mesmos, também, mas para ela, você, sempre será único, não interessa o que chegará depois. Pois só você   moço    fez    a    moça   perder   o rebolado, o rumo, a compostura.

Só você dia-a-dia ensinou a ela o significado da palavra AMOR.

Só você a fez sentir borboletas passeando por todo o corpo, frio na barriga, pernas trêmulas , mãos transpirando, o coração batendo tão forte a ponto de quase sair pela boca.

Vou te contar um segredo moço, mas ele será só nosso.
Enquanto estava lá, deitada naquela maca rabiscando seu corpo com amor e tinta, na tentativa se distrair olhando o céu disfarçando a dor, uma lágrima percorreu teu rosto.
Ela secou depressa para que não pensassem que ela era fraca.
Mas moço a lágrima era de realização e felicidade, por você e pra você.

Saiu de casa tão desnorteada que se perdeu pelo caminho que conhecia como a palma da mão, chegou correndo pra se arrumar, cabelos, unhas, maquiagem, roupa, perfume, tudo como planejou.

Contou os segundos para a sua chegada moço.

Ela nunca foi de esperar ninguém, mas sabia que seria recompensada com teus abraços, beijos, carinhos. Tudo valia a pena, ali, juntos, dois sendo apenas um, "Em par, em paz."

Só você tem o silêncio gritando amor ao pé do ouvido dela.

Só você é o que ela deseja antes de dormir e ao acordar.
Para ela pouco importa se o mundo pega fogo lá fora, pois quando estão à sós, ali entre quatro paredes, a vida é só amor. E isso basta.

Só você moço.

Solo tú. ♡

Jeessy Batista.